Pau Brasil

419
pau-brasil

Nome Comum: PAU BRASIL

Nome Científico: Caesalpinia echinata 
Família: Fabaceae
Características Morfológicas: Pode alcançar de 8 a 12 metros de altura e o tronco, espinhoso, é revestido de casca, que cobre a madeira alaranjada. As pequenas folhas são bipinadas (uma folha para cada lado). A floração é amarela, com tons avermelhados.
Origem: Brasil
Ocorrência Natural: Floresta Pluvial Atlântica, do Ceará ao Rio de Janeiro.

Árvore-símbolo do Brasil. Durante o período colonial sua madeira era uma das principais fontes de renda do País. Atualmente o pau-brasil tem sido mais utilizado em projetos paisagísticos, devido à sua beleza plástica.

Essa árvore floresce de setembro a outubro, período em que as cores da bandeira do Brasil ficam mais evidentes na sua estampa. As flores amarelas, levemente perfumadas, fazem um belo contraste com o verde das folhas. É uma planta típica do interior de florestas primárias densas e prefere os terrenos secos. Tanto que é inexistente em cordilheiras marítimas.

O pau-brasil é uma árvore leguminosa não comestível, que dá vagens recobertas por uma casca grossa e espinhosa, de cor verde-amarronzada. A madeira, que já foi muito utilizada na construção civil e naval, hoje é basicamente empregada na construção de arcos de violino. Do lenho também é possível extrair a “brasileína”, um tipo de corante, usado na tintura de roupas.

Também conhecida como ibirapitanga, orabutã, pau-rosado ou pau-de-pernambuco, esta árvore que pode chegar até os 12 metros de altura, tem o desenvolvimento moderado no campo e não ultrapassa os dois metros de altura aos dois anos de idade.

Saiba mais:
Árvores Brasileiras – Manual de Identificação e Cultivo de Plantas Arbóreas Nativas do Brasil, volume 2, de Harri Lorenzi e no portal Como Plantar.

SEM COMENTÁRIOS